Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
76 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55345 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40257)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4239)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Minha alma brilha quando escrevo -- 18/06/2017 - 15:16 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Toda vez que eu escrevo
cada verso, eu me inspiro
no universo e retiro
informações de relevo,
fazer o melhor, eu devo,
em trova, décima ou sextilha,
e acho uma maravilha
viajar nesse universo.
Quando eu escrevo um verso
a luz da minh’alma brilha !

Quando penso em escrever
versos sobre qualquer tema,
recebo uma luz suprema
que me ilumina a fazer
o trabalho com prazer,
conforme manda a cartilha,
quem lê, curte, compartilha...
comento, curto e converso.
Quando eu escrevo um verso
a luz da minh’alma brilha !

Glosa de minha autoria
Mote da poetisa Izabel Nascimento.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 77Exibido 68 vezesFale com o autor