Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
83 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54743 )
Cartas ( 21052)
Contos (12072)
Cordel (9445)
Crônicas (21021)
Discursos (3103)
Ensaios - (9890)
Erótico (13109)
Frases (39738)
Humor (17538)
Infantil (3557)
Infanto Juvenil (2306)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135413)
Redação (2863)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4159)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Roteiro_de_Filme_ou_Novela-->Filmes Atuais ou Quase -- 20/02/2017 - 13:21 (Odin) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Impressionante como os filmes do presente século e do fim do século XX são ruins de conteudo: mais da metade dos filmes contem só conversa fiada, cenas de sexo só pra encher linguiça e bobagens que nada tem a ver com o enredo, e, o resto é o enredo.

Parece que estão faltando bons roteiristas pra criarem filmes onde os roteiros não são esticados, onde nenhuma cena pode ser tirada como Nada de Novo de Front, Fugindo do Inferno, Irma La Dulce, Retrato de Mulher, Deu a Louca no Mundo e etc.

Um dos piores que eu já assisti, o rei das conversas fiadas é O Franco Atirador, com o Robert de Niro. Um outro foi Budapeste, outra das piores porcarias que eu nem assisti na vida, depois de alguns minutos tive que mudar de canal - só apareciam mulheres peladas, enredo que é bom, nada.

Um autor, depois que faz sucesso, só faz merda, né? Pior que a maioria das pessoas acha que o cara é um gênio. kkkkkkk Nem nas canções o cara era bom, suas letras são calcadas no super excesso de rimas. Perto do Vinícius esse homem era uma bomba.

Pior que agora metade dos filmes que passam na TV a cabo são fita nacionais, compradas a dez reais a tonelada, de tão ruins que são.

Dificilmente hoje passa um filme do tipo Fugindo do Inferno onde nada pode colocado e nada pode ser tirado da trama.

Talvez o gosto dos espectadores atuais seja apenas diferente do meu, sabe-se lá, hoje ninguém sabe mais o que é bom e o que é ruim. Vejam os poemas modernos, em geral são umas porcarias que ninguém entende nada. E diz um famoso crítico que se a gente conseguir entender, o poema não presta.

Desisti da poesia, não quero ficar escrevendo bobagens que até um retardado consegue escrever já que não tem sentido nenhum.
Comentários

fernanda  - 10/05/2017

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui