Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
129 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56726 )
Cartas ( 21128)
Contos (12519)
Cordel (9865)
Crônicas (21898)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41735)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137078)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Lenda do Sanhaço Azul-Acinzentado -- 01/04/2018 - 15:32 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lenda do Sanhaço Azul-Acinzentado
Reza a lenda que Deus fez uma ave branca
Que partiu para voar pela tarde franca
Mas ela de um jeito romântico e cruel
Apaixonou-se tanto pelo próprio céu

Que desejou ter as cores do firmamento
Azul quando o Sol vira uma estrela brilhante
E cinza nas tempestades cheias de tormento
Então de um jeito meigo, doce e elegante

Esta ave pediu ao bondoso criador
Para ter as cores cinza e azul
Misturadas em suas asas com amor
Assim ela voaria mais feliz de norte a sul

Então seu desejo foi atendido num estilhaço
Deste jeito surgiu um pássaro chamado sanhaço
Uma ave azul e cinza, mas com o bico de aço


O sanhaço se assanha pela sinhá
Perto da árvore de jacarandá
Bicando as flores do maracujá
Só para provocar o sabiá

O sanhaço tem as cores cinza e azul celestial
Ele pensa que é a tão procurada ave azul da felicidade
Assim sonha em ser uma constelação no astral
Para brincar com as estrelas pela eternidade.
Luciana do Rocio Mallon


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui