Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
123 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56727 )
Cartas ( 21128)
Contos (12522)
Cordel (9865)
Crônicas (21899)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41755)
Humor (17750)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5449)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137079)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4527)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Eu queria -- 21/10/2017 - 02:23 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Eu queria

Tudo e nada tinha. Mas queria sem ao mínimo, doar. O mundo todo eu queria e nada tinha, pois o mundo em mim não estava e eu não estava no mundo. Estava muito mal em mim, pois não tinha a mim e a ninguém. Mas eu sempre queria sem querer e ressentido com todos e tudo eu vivia provando sempre o amargo do meu próprio fel, pois o céu não existia para mim. Apenas esse inferno de pessoas ao redor, sem dar-me o que mais necessitava, mas não queria. O que eu queria, ninguém podia me dar porque eu mesmo doava e era o próprio fel. E desse fel sempre me nutri e obtive forças para aceitar-me, e um dia quem sabe, ninguém mais me desse fel. Saberia que alguém nasceria para doar mel e nutrir meus mesquinhos sentimentos, tornando-me talvez um fel mais aceitável. Queria porque sem ter não podia doar, apenas receber e de tanto receber, afogou-se no próprio FEL.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui