Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
142 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56726 )
Cartas ( 21128)
Contos (12519)
Cordel (9865)
Crônicas (21898)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41735)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137078)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Quando Eu Morrer, Quero Que Meus Orgãos Sejam Doados -- 16/03/2018 - 23:09 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Quando eu morrer, quero que meus órgãos sejam doados para que as pessoas que receberem estes pedaços possam realizar seus sonhos. Pois tenho 43 anos e nunca realizei sonho nenhum. Mas tenho a consciência que não foi por falta de esforço. Pois, na minha época escolar, ficava estudando até às duas da manhã para entender as matérias porque eu sabia que tinha alguma deficiência intelectual.
Depois quando ingressei no mercado de trabalho, sempre dei o melhor de mim. Quando trabalhei no comércio era a primeira chegar e a última a sair. Mas quando eu não conhecia um assunto, dava sempre um jeito de estudar tudo em casa.
Mas de que vale ser uma estudante esforçada?
Qual é o valor de ser uma boa funcionária?
O Poder Superior dá o melhor futuro para quem diminui o semelhante, passa noitadas nas baladas e dirige bêbado.
De que vale a pena viver uma vida honesta?
Se o Poder Superior glorifica os corruptos...
Durante 43 anos me guardei para meu amor verdadeiro, que nunca apareceu. Só recebi desprezo e rejeição.
De que vale se guardar?
Se o Poder Superior dá os melhores amores às pessoas mais aventureiras?
Muito obrigada, Poder Superior, pela meningite que eu tive quando eu era criança e me deixou atrasada intelectualmente.
Muito obrigada, Poder Superior, pelo bullying que sofri na adolescência por eu ser uma menina obesa e masculinizada, características que não escolhi.
Muito obrigada, Poder Superior, pelo meu problema no intestino que me impede de comer até meus alimentos preferidos.
Muito obrigada, Poder Superior, por ter sido assaltada e espancada por assaltantes ano passado.
Meu único pedido é que meus órgãos sejam doados após a minha morte. Talvez eu ajude a realizar os sonhos de alguém, já que eu não consegui tornar meus planos em realidade.
Eu já cansei!
Luciana do Rocio Mallon




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui