Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
81 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55065 )
Cartas ( 21063)
Contos (12134)
Cordel (9570)
Crônicas (21231)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13137)
Frases (39994)
Humor (17551)
Infantil (3565)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135739)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4207)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->Líber dade -- 05/04/2017 - 08:22 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Onde é , está em si que habita algum lugar permitido na história de tantas outras. Abjeções de sentimentos por toda a parte que culminam com ataques de fúria em benefício próprio e dizima o dízimo alheio. Felicidade amarga a doçura no viver sempre ao outro tripudiar na dor calada firme no caminho de talvez entre tantas incertezas que o viver acoberta e não acena ao pedágio da complacência ao próximo. Distante, comunga na certeza de um dia, fechar os olhos ao viver para nascer das cinzas. Reconstruir para construir no que há vida não manipulada, pois o valor de ser livre é o triunfo, enquanto na prisão só há construção sem vida ou cor. Desconstruído está e não há como reconstruir-se se a riqueza da liberdade não é presente em tempo algum: seja ele passado, presente ou o insondável futuro.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui